Texto Completo


Temer ensaia lançar Coronel ao mar no caso do Porto de Santos
Fonte : Brasil 247
Cada vez mais acuado em função da possibilidade de ser der denunciado por corrupção pela terceira vez pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em decorrência do chamado Inquérito dos Portos, Michel Temer avalia jogar o coronel João Baptista Lima Filho, apontado como operador de propinas, literalmente, ao mar. A defesa do emedebista, agora, avalia fechar uma tese na qual somente o coronel Lima seja responsabilizado pelo suposto recebimento de propinas de empresas ligadas ao setor portuário e que foram beneficiadas por meio de um decreto assinado por Temer no ano passado.

De acordo com a Coluna do Estadão, a tese que vem sendo elaborada pelos advogados de Temer deve ser baseada na ideia de que, embora amigos, o emedebista não pode ser responsabilizado pelos atos do coronel. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Lima atuava como arrecadador de propinas para Temer.
Data de publicação : terça-feira, 10 de julho de 2018

 

    ©2010 Krassine Soares Pinheiro Filho   -   Administrador